FIDC

Como acontece uma operação de FIDC

Por Arthur Farache

Você está pensando em optar por investimentos FIDC? Aqui está como eles funcionam

Muito se fala em FIDC, os fundos de investimento em direitos creditícios.

Eles são um tipo de aplicação em que a maior parte dos recursos é destinada à aquisição de direitos creditórios.

Os direitos creditórios veem dos créditos que uma empresa tem a receber, como duplicatas, cheques, contratos de aluguel e outros.

O direito de recebimento desses créditos é negociável, quer dizer, a empresa cede a terceiros e isso é feito por meio de um FIDC.

Por isso, créditos originados de operações realizadas nos segmentos financeiro, comercial, industrial, imobiliário, de hipotecas, de arrendamento mercantil e de prestação de serviços podem ser transformados em FIDC.

Para entendermos como funciona uma operação de FIDC, vamos começar com uma definição simplificada do que significa FIDC.

Resumidamente, o FIDC e é um tipo de aplicação de longo prazo onde o investimento é focado em recebíveis, como o desconto de exportação e aluguel.

Os créditos podem ser usados nos segmentos de prestação de serviços à imobiliário.

Os FIDCs podem ter cotas seniores (resgate e remuneração pré-definida) e podem ser tanto abertos (cotistas podem fazer outras aplicações ou solicitar regastes) e fechados (onde o resgate só ocorre após o pagamento do FIDC).

Possui números de rentabilidades superiores a 150% do CDI que pode ser uma opção atraente e realmente impressionante.

Por outro lado, como todo investimento possui seus riscos (como por exemplo inadimplência), é preciso medir os riscos e os ganhos em potenciais antes de optar por essa modalidade.

Se o FIDC parece uma oportunidade atraente para você, veja abaixo como funciona uma operação ao contratar um corretor responsável.

FIDC

Passo #1: etapa jurídica

Consulte fundos na ANBIMA e CVM.

Se o fundo possuir registro nesses órgãos regulares já mostra que esse fundo tem todos os requisitos que são exigidos pelo Governo.

Busque também referencias e sempre veja os riscos possíveis no investimento.

Afinal, é importante garantir que o fundo tem potencial de retorno.

Passo #2: foque nos objetivos

Pesquise se seus objetivos estão focados no longo prazo e se eles se alinham com o tipo de investimento FIDC, bem como se é aconselhável a empresa possuir um bom perfil de resultados.

Antes de mais nada, veja se é possível contratar um auditor independente para que analise em detalhes o fundo.

Passo #3: Alta qualidade de gerenciamento

Se existir uma boa administração, essa é uma ótima opção de investimento. Além disso, pode ser uma ótima maneira de ter um retorno à longo prazo, com muita consistência e estruturação.

FIDC

Agora você já conhece um pouco mais sobre FIDC

Se você estiver pensando em investir em FIDC, é importante buscar informações mais aprofundadas sobre o retorno do seu investimento e os fundos mais seguros.

Com as informações de hoje, você pode saber um pouco mais sobre como funciona o FIDC para poder compará-lo com outras modalidades de investimento.

Se você ainda estiver em dúvida, pode contar com a Desfixa.

Criamos um simulador que ajuda você a encontrar o melhor investimento de acordo com o seu perfil.

Isso mesmo! Você responde a algumas perguntas sobre seu perfil de crédito, e ajudamos você a encontrar o melhor investimento disponível no mercado.

Feito isso, tudo que vai precisar é escolher aqueles que recomendarmos para você.

Gostou da ideia? Acesse agora a nossa home page e veja como podemos ajudar você a escolher o melhor investimento.

Se o FIDC for o melhor tipo de investimento para o seu perfil, estaremos prontos para ajuda-lo.

Leia também