O que é Debêntures

O que é debêntures? Saiba mais sobre como investir

Por Arthur Farache

Está buscando saber o que é debêntures? Hoje vamos ajudar você a saber mais sobre esse investimento e tirar algumas dúvidas

Você já deve ter ouvido falar em debêntures, não é mesmo? Hoje vamos falar sobre o que é debêntures e como investir nesses títulos.

A debênture é um valor mobiliário emitido por sociedades por ações, representativo de dívida, que assegura a seus detentores o direito de crédito contra a companhia emissora.

Consiste em um instrumento de captação de recursos no mercado de capitais, que as empresas utilizam para financiar seus projetos.

Os recursos captados pela empresa por meio da distribuição de debêntures podem ter diferentes usos: investimentos em novas instalações, alongamento do perfil das dívidas, financiamento de capital de giro etc.

Ao disponibilizar seus recursos para serem utilizados pela empresa, o comprador (ou debenturista, debenturista proprietário, titular de debênture, como é chamado) faz jus a uma remuneração.

O que é debêntures e qual a sua representatividade

Os títulos mais tradicionais de crédito privado são sem dúvida alguma as debêntures, com um total atual em estoque de quase R$ 750 bilhões, no Brasil.

Saiba que esse valor representa um volume quase 15% maior que a soma de todos os depósitos feitos na caderneta de poupança.

E a poupança carrega o título de investimento mais popular do país em número de investidores em nosso país.

É verdade que títulos de crédito privado como as debêntures são muito menos conhecidos entre os investidores pessoa física que as costumeiras aplicações de emissão bancária como o CDB, LCI e a LCA.

Apesar disso, o volume grande de dinheiro aplicado nesses títulos é significativo, pois os grandes investidores de debêntures são na maioria dos casos os institucionais, sobretudo os fundos de investimentos.

O que é Debêntures

Por dentro do que é debêntures

Desta forma, a debênture é um título de crédito privado em que os debenturistas são credores da empresa e esperam receber juros periódicos.

Além disso, também esperam o pagamento do principal, que é correspondente ao valor unitário da debênture, no vencimento do título ou mediante amortizações nas quais se paga parte do principal antes do vencimento.

As debêntures podem ter 2 características principais:

  • Conversíveis: podem ser convertidas em ações da empresa emissora, ao final do período ou em prazo estabelecido.
  • Simples: não podem ser convertidas em ações.

Em regra, a competência para deliberar sobre a emissão de debêntures é privativa da assembleia geral de acionistas, que deverá fixar as condições e critérios da emissão.

Entretanto, na companhia aberta, o conselho de administração poderá deliberar sobre a emissão de debêntures não conversíveis em ações, respeitadas as condições estatutárias.

Uma mesma emissão pode ter várias séries, de forma a adequar o recebimento dos recursos às necessidades da empresa.

Os maiores compradores das debêntures no mercado brasileiro são os chamados investidores institucionais.

Dentre eles, podemos ressaltar: grandes bancos, fundos de pensão e seguradoras, os investidores estrangeiros, além dos investidores individuais, em menor parte.

O que é debêntures: rendimento

Assim como em outros produtos de renda fixa o rendimento deste título depende do papel, mas se parece muito com o Tesouro Direto.

São divididos em prefixado, pós-fixado e híbrido.

Debêntures prefixadas

Nessa modalidade a rentabilidade do seu título é acordada no momento da emissão.

Seu rendimento será de uma taxa de juros combinada antecipadamente e você saberá o rendimento a receber ao final do período ainda na hora da compra.

Debêntures pós-fixadas

No caso da modalidade pós-fixada a rentabilidade do título está atrelada a um indexador, como o CDI ou a Taxa SELIC.

Por isso você não sabe previamente como o indexador irá progredir no mercado e saberá o rendimento apenas no vencimento ou resgate do seu título.

Debêntures híbridas

A modalidade híbrida é como uma união do prefixado e do pós-fixado.

Ou seja, você recebe uma taxa de juros combinada acrescida de um percentual de um indexador como o IPCA.

Neste caso a rentabilidade também possui oscilação e você só saberá quanto irá receber ao final do período estipulado para o seu investimento.

O que é Debêntures

O que é debêntures: entenda os riscos de investir

Antes de investir em debêntures o investidor deve requisitar o prospecto à instituição intermediária da qual é cliente.

O prospecto deve ser lido por inteiro, com especial atenção para as seguintes seções.

  • Fatores de Risco: devem ser apresentados os riscos mais importantes aos quais o investidor estará exposto.
  • Discussão e Análise da Administração sobre as Demonstrações Financeiras: seção na qual os diretores da companhia fazem uma análise qualitativa sobre a situação financeira da companhia;
  • Escritura de Emissão: onde constam os direitos conferidos pelas debêntures e suas garantias, se houver.
  • Relatório de Classificação de Risco: documento elaborado por empresas de classificação de risco, que avalia o grau de risco da empresa e sua capacidade de honrar as obrigações assumidas.

As debêntures podem ser negociadas na BM&FBOVESPA, em mercado de bolsa ou de balcão organizado, ou na CETIP.

Se você quer saber mais sobre como investir em debêntures, a Desfixa pode ajudar.

Criamos um simulador que leva em consideração o seu perfil de investimento e indica o melhor investimento para você.

Acesse agora a nossa home page e descubra qual é o melhor investimento para você.

Nossas sugestões vão muito além do que é debêntures e ajudam você com outros investimentos também.

Leia também