simulador-tesouro-direto

Simulador Tesouro Direto – Planilha Grátis!

Por Arthur Farache

Simulador Tesouro Direto – Planilha Grátis!

O Simulador Tesouro Direto é feito para aquelas pessoas que querem simular as rentabilidades dos diversos títulos públicos disponíveis no sistema do Tesouro Direto, mas especialmente para aqueles que não sabem que a rentabilidade é afetada pela inflação, custos de transação e impostos.

Já escrevemos aqui alguns bons artigos sobre investimento em títulos públicos, mas nunca realmente havíamos parado para pensar que não existe por aí na Internet nenhuma ferramenta que ajude o pequeno investidor a calcular seus rendimentos considerando inflação, custos de transação e impostos.

Para ser sincero o Simulador Tesouro Direto era algo que eu já devia ter feito há muito tempo.

Em todo caso, agradeço aos nossos leitores que muito me encheram o saco para construir o Simulador Tesouro Direto e escrever esse post.

Muitos investidores esquecem de incluir na conta a inflação, os custos de transação e os impostos. O que faz com que cheguem a resultados bem diferentes. Fique atento!

Entenda Antes

Antes de utilizar o Simulador Tesouro Direto é muito importante que você tenha uma base conceitual (e juro que é coisa simples!) que vai te ajudar a simular melhor e também a investir melhor. O investimento em títulos públicos por meio do Tesouro Direto é hoje uma ótima oportunidade, mas antes de baixar nosso simulador, por favor, invista 5 minutos do seu tempo lendo aqui.

Alguns disclaimers necessários:

 Simplicidade – Tentamos tornar o simulador o mais simples possível. Todos os campos em amarelo são editáveis por você e os gráficos são atualizados automaticamente.

 Investimento único – A ideia foi fazer com que você consiga ter uma ideia muito clara do quanto você terá no futuro ao realizar um investimento único. Caso você queira uma simulação com aportes mensais, entre em contato que faço para você.

Dados históricos – Utilizamos os dados históricos de IPCA e SELIC um período de um pouco mais de 15 anos, mas exatamente pegamos a data-base em que o governo zerou a contagem dos títulos públicos: 15/07/2000.

Se precisar atualizar os cálculos com o CDI, confira o nosso post: Taxa CDI hoje – Consulte a taxa do CDI no dia de hoje com facilidade.

Os Títulos Públicos

No nosso simulador você pode simular e comparar os três títulos básicos do Tesouro Direto atualmente:

  • Tesouro Direto Prefixado
  • Tesouro Direto IPCA+
  • Tesouro Direto SELIC

Recomendo fortemente que você assista o vídeo abaixo feito pela própria Fazenda Nacional explicando o mercado dos títulos públicos.

Inflação

Sabe aquela estória de que brasileiro na hora de comprar determinado bem quer apenas saber se as parcelas cabem no bolso? Pois é, comecei a perceber que, em geral, o investidor pequeno é bem parecido.

A única diferença é que o investidor começou a ter uma poupança e passou a ser um agente superavitário. Então, é muito comum encontrar investidor cujo objetivo daquele patrimônio é gerar uma renda mensal de R$5.000,00 ou R$10.000,00.

Sabe qual é o problema com essa conta? Ela não considera a inflação!

Isso quer dizer que, embora o investidor vá realmente receber uma renda mensal de R$5.000,00 ou R$10.000,00 no futuro, essa renda não terá o mesmo poder de compra. No fim do dia isso quer dizer que esse mesmo investidor não conseguirá manter o seu padrão de vida comprando as mesmas coisas que está acostumado a comprar.

No nosso simulador você vai quer temos um gráfico separado para você ter noção qual é a projeção do patrimônio real formado a ser formado no futuro. Lembre-se que consideramos a inflação (IPCA) histórica dos últimos 15 anos.

Custos de Transação

Títulos Tesouro DiretoNós já escrevemos um post bem detalhado para explicar os Custos do Tesouro Direto. Nesse post você vai ver a relação complata de todas as corretoras e todos os bancos com suas taxas.

Resumidamente há duas taxas:

  • Taxa de Custódia – 0,30% ao ano sobre o valor total de todos os seus títulos – Cobrada pela BM&FBOVESPA para manter o sistema inteiro do Tesouro Direto funcionando. Essa taxa não tem como evitar, você paga independente de qual corretora, distribuidora ou banco esteja utilizando. Ela é cobrada semestralmente ou no pagamento de juros ou no vencimento do título (o que ocorrer primeiro).
  • Taxa de Serviço – Livremente definida pelas corretoras, distribuidoras e bancos – Cobrada pela instituição que é o agente de custódia com quem você iniciou seu acesso ao sistema do Tesouro Direto.

Não olhar para essas pode deixar sua simulação enviesada, sobretudo se você estiver comparando com outros tipos de investimento que não possuem taxas de custódia, como, por exemplo, títulos de bancos (CDB, LCI, LCA, etc.).

No simulador você vai encontrar a célula da taxa de custódia (que você não pode editar) e a célula da taxa de serviço (em amarelo) para você alterar e deixar de acordo com o que você paga na sua corretora ou banco.

Impostos

Os títulos públicos que você compra no Tesouro Direto são tributados pela mesma tabela regressiva de Imposto de Renda. Veja a tabela abaixo.

Imposto Simulador Tesouro Direto

No nosso simulador consideramos sempre a alíquota de 15% uma vez que estamos olhando um horizonte para nossa projeção de 15 anos.

Simulador Tesouro Direto – Baixe Gratuitamente

E, como não poderia deixar de ser, disponibilizei a planilha Simulador Tesouro Direto que te ajuda a comparar os investimentos em títulos públicos com base em seus históricos, incluindo a inflação, custos de transação e impostos.

Para baixar basta preencher o formulário abaixo que mandamos automaticamente em seu email.

Leia também